EIXO 1 – O sofrimento psicossocial e porquê a criminalização das drogas faz mal à Saúde Mental

Ementa:

O uso e abuso de substâncias é algo relacionado às questões econômicas, culturais, sociais e de saúde. Classe, gênero, cor, entre outros determinantes influem diretamente nas formas de ação do poder público, desde a criminalização, no campo da justiça, até as internações compulsórias no campo da saúde.

Apesar dos avanços da política de saúde no que toca a questão de álcool de drogas, inclusive considerando os avanços da Reforma Psiquiátrica e da luta antimanicomial, as práticas no campo são ainda incipientes. Nas políticas locais, nos deparamos com lógicas de redução de danos e promoção de autonomia do sujeito convivendo com práticas manicomiais.

 

Palavras chave (para ajudar na inscrição dos trabalhos): álcool e outras drogas; redução de danos; criminalização; reforma psiquiátrica; antiproibicionismo; práticas em saúde mental; direitos humanos;